terça-feira, 3 de fevereiro de 2009

Periplaneta americana!!!!!

terça-feira, 3 de fevereiro de 2009



A barata americana (Periplaneta americana) é uma espécie de barata grande, dotada de asas e geralmente tendo o tamanho entre 2,5 cm a 4 cm. É bem comum no Brasil, nos estados do sul dos Estados Unidos, e em climas tropicais, e pode ser achado em muitos lugares do mundo, devido à suas viagens de comércio e freteamento entre lugares. Por conta disso é considerada uma espécie cosmopolita, sendo bastante comum também em todo o continente sul-americano. Foram relatados visões destes insetos no nordeste dos EUA, como em Nova Iorque, e no sul do Canadá, como em Montreal, onde é achado mais perto de habitações humanas por não tolerar o frio. A barata americana também pode ser achada em vários portos pelo mundo, e é considerada uma espécie sinantrópica, ou seja, que vive perto das habitações humanas, utilizando-se dos restos de alimentos para sua própria alimentação, e as construções ou até mesmo entulhos como abrigo.
Acredita-se que o inseto se originou na África, mas já estava estabelecido no sul dos EUA na época que foi dado um nome para a espécie.
O inseto pode viajar rapidamente, freqüentemente se arremessando em algum buraco quando alguém entra em um cômodo, e cabe em buracos relativamente pequenos apesar de seu grande tamanho. É conhecida por ser muito ágil, e tem asas que a ajudam a ser uma boa voadora.
A barata-australiana prefere climas mais quentes e não é muito tolerante ao frio, porém, ela pode sobreviver em lugares fechados em climas mais frios. Ela se dá bem com condições úmidas mas também pode tolerar condições secas até o tempo que sua água acabe.
O inseto é geralmente considerado como peste, já que invade casas para viver e comer.
As Baratas-Americanas(vermelhas) produzem células que causam efeito regenerativo; Os telômeros ou telómeros (do grego telos, final, e meros, parte) são estruturas constituídas por fileiras repetitivas de proteínas e DNA não codificante que formam as extremidades dos cromossomas. Sua principal função é manter a estabilidade estrutural do cromossoma. Os telómeros estão presentes principalmente em células , visto que o DNA de algumas celulas formam cadeias circulares, logo não têm locais de terminação, embora existam exceções: existem bactérias procarióticas com DNA linear e que possuem telómeros. Cada vez que a célula se divide, os telómeros são ligeiramente encurtados. O encurtamento dos telómeros também pode eliminar certos genes que são indispensáveis à sobrevivência da célula ou silenciar genes próximos. Como o processo de renovação do nosso corpo não tolera a morte das células antes da divisão correcta das mesmas, o organismo tende a morrer num curto prazo de tempo no momento em que seus telómeros se esgotam.
As Baratas-Americanas tem a capacidade das células se renovarem. A regeneração tecidual depende do tipo de célula afetada pela injúria. Depende da capacidade de multiplicação da célula, considerando-se os tipos celulares vistos(lábeis, estáveis ou perenes). O epitélio se regenera rápido e facilmente quando destruído. Células hepáticas, o tecido ósseo, tem alto poder de regeneração. As células do músculo liso, são capazes de regenerar em resposta a fatores quimiotáticos e mitogênicos. Todas as variedades de tecido conjuntivo são capazes de se regenerar, mas em diferentes níveis de capacidade. O tecido nervoso periférico tem baixo poder de regeneração, mas pode se recompor diante de algumas agressões.
By: "http://pt.wikipedia.org/wiki/Periplaneta_americana"


Hoje estou afim de falar sobre esses bichinhos que são muito descriminados e que não fazem mal algum e que mesmo assim são assassinadas frias e cruelmente, as baratas são um exemplo de sobrevivência urbana e deveriam ser mais respeitadas, eu parei de matar barata quando descobri seu verdadeiro valor e quem sabem um dia criarei o movimento Salve uma Barata.
Galera não sou louco mas sou muito fã de baratas e recomendo a todos o filme Joe e as Baratas que é muito divertido!!!!!


*Ps.: Por favor não matem mais baratas, elas merecem viver!!!!!!

7 comentários:

Nina-Khos disse...

obrigadoooo moço!
*.*


bjss

Äмbзr Gïrℓ ⅞ disse...

olá, passei aqui porque achei o nome de teu blog bem curioso: minha casa. e mais curioso ainda é ver o primiero post - sobre baratas, ora, em qual casa não tem barata? muito interessante. tenho um pÂnico de baratas, não é frescura, é medo mesmo. mas não tem como não parar e ler esse texto. eu ri muito e adorei. menos a parte do salve as baratas... alias, com tanta campanha pra salvar o bife e a galinahao molho pardo, por que não salvar as baratas?

adorei o blog, vou acompanhá-lo, e espero que mais postagens curiosas como estas surjam.

abraços. se quiser parceria, entre em contato.

Fabio Comics disse...

Concordo, as baratas não fazem mal a ningm, pelo contrário ajuda a manter sua casa limpa...Por incrível que pareça isso é verdade!!!

Allan Bastos disse...

gostei da aula sobre formação celular(mesmo que seja de uma barata)a barata realmente é um ser inofensivel e não da pra intender o porque delas serem tão odiadas já que existem insetos piores nos nossos lares ... acho que invez de nos preocuparmos com uma baratinha de baixo da estante, deviamos nos preocupar com aquele musquitinho que pode e estar se criando no nosso quintal ou nas nossas caixas d'agua

parabens pelo blog!

Anônimo disse...

Ué? Elas não causam doenças não?

Anônimo disse...

as baratas merecem desinsetetização...............

Anônimo disse...

Desculpe, mas um bicho que vive em esgotos, além de ser nojento, obviamente é um transmissor de doenças, sim! Então, se não quisermos correr o risco de sermos infectados, o jeito é exterminá-las de nossos lares. Sem dó!!!

Postar um comentário